Ícone do site Bossa Nova Educação

Bullying Moral

Em continuidade a série Simplificando o Bullying, falaremos hoje sobre o Bullying Moral.

Caracterização

Tem por característica a ação constante de um autor ou grupo no intuito de humilhar, caluniar ou difamar um alvo. Por vezes imitando ou usando trejeitos próprio do alvo, o autor busca desestabilizar o emocional dele. Devido a este fato, a prática torna-se preocupante por gerar angústia, ansiedade ou depressão.

Como ocorre?

O bullying moral não envolve a força física. Ele ocorre por meio de agressões verbais, como referir-se ao biótipo físico do alvo, fazer alusões a sua cor da pele, questionar sua capacidade intelectual, criar juízo de valor sobre sua orientação sexual, rir quando ele não consegue desempenhar uma tarefa, entre outros temas que envolvam a moralidade do alvo.

Como identificar?

Geralmente, as pessoas que sofrem com esta prática de bullying são ridicularizadas, tem seu modo de vida caricaturado por imitações ou desenhos que o cause constrangimento. Por vezes, o alvo se encontra isolado e demonstra características de ansiedade e depressão. Portanto, é fundamental estar ciente dessas interações e entender quais significados elas tem, para que não ocorra sem a percepção de um responsável.

Sair da versão mobile